Programa Doutoral em

Biologia Experimental e Biomedicina

Admissões

O Programa de Doutoramento em Biologia Experimental e Biomedicina acolhe alunos altamente qualificados e motivados, interessados no conhecimento emergente nas ciências da vida e da saúde, em formação técnica avançada, e com o objetivo de realizar investigação de ponta e desenvolver aplicações biotecnológicas e translacionais. 
 
 
Condições de Admissão 
Os candidatos devem ser titulares de um Mestrado (ou Licenciatura Pré-Bolonha) em Biologia, Bioquímica, Medicina, Farmácia, Biotecnologia, Genética ou em outra área científica relevante para a Biologia e Biomedicina (por exemplo, Matemática, Estatística, Ciências Computacionais, Física) 
Os candidatos sem grau de Mestre podem ser elegíveis desde que possuam currículo académico ou profissional particularmente relevante, e que seja reconhecido, pelo Conselho Científico do Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra, como atestando capacidade para realização do programa de doutoramento. 
Proficiência em inglês como língua de trabalho é exigida por se tratar de um programa internacional. 
O trabalho de investigação deverá envolver diretamente grupos de CNC, mas os alunos podem, e são encorajados, a passar algum tempo no estrangeiro em laboratórios que colaborem com grupos CNC. 
 
Processo de Seleção e Critérios  
Os candidatos são avaliados primeiro com base no currículo, carta de motivação e cartas de referência. Os candidatos pré-selecionados são convocados para uma entrevista (presencial, preferencialmente). 
A Comissão de Seleção inclui o(s) coordenador(es) do PDBEB e líderes de grupos do CNC. 
 
Critérios de seleção 
 
1º critério de selecção: qualidade do CV, mais cartas de motivação e recomendação (35%) 
CV (ponderação: 60% ): qualidade do percurso académico e científico do candidato (classificações finais de Licenciatura e Mestrado, experiência de investigação, e publicações de que o candidato é autor/co-autor). 
Carta de motivação (ponderação: 20%) 
Cartas de referência (ponderação: 20%) 
 
2º critério de avaliação: Entrevista (ponderação: 65%) 
A entrevista pode abordar conhecimentos científicos, pensamento crítico, questões de ciência e sociedade, motivação para o programa, consciência dos desafios científicos, ou outros temas considerados importantes pelos avaliadores. 
 
Candidaturas 
As candidaturas são submetidas online em UC InforEstudante (link - https://inforestudante.uc.pt/nonio/security/login.do) 
 
Documentos necessários: 
- CV 
- Certificado(s) do(s) grau(s) académico(s) com classificação final (não exigido para diplomados na UC) 
Os candidatos podem submeter a candidatura condicionalmente, caso ainda não possuam o certificado, ou outros documentos obrigatórios, dentro do prazo de candidatura, desde que os possam submeter antes da publicação da lista final de seriação. Nota: se os documentos forem necessários para a avaliação e seriação da candidatura, devem ser apresentados antes do final do prazo de seriação. 
Reconhecimento de graus académicos estrangeiros pode ser requerido. 
- Carta de motivação (deve abordar a experiência anterior, motivação para a investigação científica na área do programa doutoral, razões para escolher este programa de doutoramento e perspetivas de carreira) 
- Cartas de referência (devem ser escritas em papel timbrado institucional e incluir a assinatura do subscritor) 
- Cartão de identidade nacional ou passaporte 
 
Condições específicas para as candidaturas em cada ano deverão ser verificadas no site da Universidade de Coimbra. 
 
Propinas 
Propina anual: 2750 € 
 
 
Prazos de candidatura 
Os prazos de candidatura para o ano académico 2022/2023 serão publicados quando disponibilizados pela UC. 
Normalmente a 1ª fase de candidaturas é em abril, a 2ª fase em meados de junho / julho, e a 3ª fase em outubro 
 
 
Mais informação  
Para questões académicas Serviço de Apoio a Candidaturas  (https://www.uc.pt/candidatos/apoio) 

Este website utiliza cookies para melhorar a sua experiência.